GTNM

 
 
 

Busca

 
Denúncia
Justiça pune juíza por sua luta em favor dos Direitos Humanos
O TJ-SP aplicou, nesta quarta, 08/02/2017, pena de censura à juíza Kenarik Boujikian, por liberar “réus que estavam presos preventivamente por mais tempo do que a pena fixada em suas sentenças”. Foi punida, portanto, por liberar quem não podia, legalmente, estar preso. O Grupo Tortura Nunca Mais do Rio de Janeiro repudia,
Denúncia
Instituto Helena Greco também se posiciona pela exoneração imediata de Amendola
O Grupo Tortura Nunca Mais/RJ compartilha a nota publicada pelo Instituto Helena Greco de Direitos Humanos denunciando a presença de Paulo Cesar Amendola, ex-agente da ditadura civil -militar, na prefeitura do Rio de Janeiro na função de secretário de ordem pública indicado por Marcelo Crivella. Reproduzimos abaixo a nota na
Denúncia
É INACEITÁVEL QUE UM AGENTE DA REPRESSÃO DA DITADURA SEJA SECRETÁRIO MUNICIPAL
É INACEITÁVEL QUE UM AGENTE DA REPRESSÃO DA DITADURA MILITAR SEJA SECRETÁRIO DA PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO. O Grupo Tortura Nunca Mais / RJ (GTNM-RJ) vem a público manifestar sua total indignação e repúdio ao conceito de “Ordem Pública” do prefeito Marcelo Crivella – conceito este expresso
Denúncia
Continuam Matando nossas Crianças Pobres e Negras
Nos últimos dias perdemos ao menos três crianças: Ana Beatriz Duarte e Sá, Ryan Gabriel e Matheus Santos Moraes. A chacina de nossa juventude negra e pobre segue em curso, sem despertar o menor sinal de incômodo em meio à opinião pública em geral. Ana Beatriz Duarte e Sá, de 5
Denúncia
O GTNM/RJ denuncia e repudia o assassinato de Berta Cáceres
O Grupo Tortura Nunca Mais/RJ denúncia energicamente o assassinato de Berta Cáceres, liderança indígena e coordenadora geral do Consejo Indígena de Organizaciones Populares de Honduras (COPINH). Compartilhamos abaixo os detalhes e o posicionamento do CEJIL sobre o caso. La Coalición Internacional de Organizaciones por los Derechos Humanos en las Américas, repudia
Denúncia
Ataque a Trabalhadores em Terra Pública Grilada e Pretendida pela Vale
O Grupo Tortura Nunca Mais/RJ compartilha denúncia de ataque a trabalhadores rurais no estado do Pará. “POLÍCIA MILITAR ATACA VIOLENTAMENTE TRABALHADORES RURAIS, EM TERRAS PÚBLICAS GRILADA POR LATIFUNDIÁRIO E PRETENDIDA PELA VALE. No dia 03 de fevereiro, quarta, um comando de operações policiais , composta por homens da PM, GTO
Denúncia
Solidariedade ao Companheiro Dirceu Greco
O Grupo Tortura Nunca Mais/RJ declara seu total apoio ao companheiro Dirceu Greco que foi recentemente censurado pelo Ministério da Saúde, em ação que nos lembra os terríveis tempos de ditadura e de AI-5 . Compartilhamos na íntegra duas notas que explicam o caso: uma emitida pelo Instituto Helena Greco
Denúncia
Nota de Repúdio à Violência contra os Povos Indígenas
O Grupo Tortura Nunca Mais/RJ compartilha e apoia a nota emitida pela ABRAPSO em repúdio à violência contra os povos indígenas e em favor da valorização da questão indígena nas agendas de pesquisa em Psicologia Social. “24 de janeiro de 2016 Nota de Repúdio à violência contra os povos indígenas
Denúncia
Ferimentos e Morte em Treinamentos Militares
Mais dois casos recentes de ferimentos e morte durante treinamentos em academias militares. Segundo reportagem do portal de notícias G1, o tenente da Marinha Guillermo Portugal foi gravemente ferido na região do Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS), ao realizar o treinamento denominado Curso Especial de Comandos Anfíbios, que prepara
Denúncia
Rafael Braga é Novamente Vítima do Terror do Estado
O Grupo Tortura Nunca Mais/RJ registra sua indignação com a nova prisão absolutamente arbitrária e ilegal de Rafael Braga, ocorrida no dia 12/01/2016. Rafael foi outra vez vítima do terror praticado cotidianamente pelo Estado contra trabalhadores negros e pobres. Além das novas acusações se basearem em flagrante forjado, Rafael foi
Acesse também:

Mala Direta
Cadastre-se e receba informação sobre as atividades do GTNM e o movimento de luta pelos direitos humanos.

Redes Sociais
siga o GTNM