GTNM

 
 
 

Busca

 
Denúncia
Justiça pune juíza por sua luta em favor dos Direitos Humanos
O TJ-SP aplicou, nesta quarta, 08/02/2017, pena de censura à juíza Kenarik Boujikian, por liberar “réus que estavam presos preventivamente por mais tempo do que a pena fixada em suas sentenças”. Foi punida, portanto, por liberar quem não podia, legalmente, estar preso. O Grupo Tortura Nunca Mais do Rio de Janeiro repudia,
Denúncia
Instituto Helena Greco também se posiciona pela exoneração imediata de Amendola
O Grupo Tortura Nunca Mais/RJ compartilha a nota publicada pelo Instituto Helena Greco de Direitos Humanos denunciando a presença de Paulo Cesar Amendola, ex-agente da ditadura civil -militar, na prefeitura do Rio de Janeiro na função de secretário de ordem pública indicado por Marcelo Crivella. Reproduzimos abaixo a nota na
Comunicação
Salete Maccalóz, presente!
NOTA DE FALECIMENTO – SALETE MACCALÓZ O GTNM/RJ lamenta profundamente o falecimento da companheira Salete Maria Polita Maccalóz, ocorrido hoje 02/02/2017. Salete iniciou sua vida profissional como professora no Rio Grande e lecionou por mais de 40 anos. Após se formar em Direito passou a ministrar Direito e Processo do
Denúncia
É INACEITÁVEL QUE UM AGENTE DA REPRESSÃO DA DITADURA SEJA SECRETÁRIO MUNICIPAL
É INACEITÁVEL QUE UM AGENTE DA REPRESSÃO DA DITADURA MILITAR SEJA SECRETÁRIO DA PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO. O Grupo Tortura Nunca Mais / RJ (GTNM-RJ) vem a público manifestar sua total indignação e repúdio ao conceito de “Ordem Pública” do prefeito Marcelo Crivella – conceito este expresso
Comunicação
Nota de falecimento da companheira Amalia Mercader de Rodríguez
O Grupo Tortura Nunca Mais/RJ lamenta comunicar o falecimento, no dia 24 de dezembro de 2016, da companheira uruguaia Amalia Mercader de Rodríguez, mãe do desaparecido político  Carlos Alfredo Rodríguez Mercader. Amalia fazia parte do coletivo Madres y Familiares de Uruguayos Detenidos Desaparecidos.
Comunicação
Modesto da Silveira, Presente!
O Grupo Tortura Nunca Mais/RJ comunica com grande pesar o falecimento do nosso companheiro e amigo, Antônio Modesto da Silveira. Modesto nasceu em 1927, em Minas, filho de lavradores sem terra. Desde cedo, teve de ganhar a vida como lavrador e ajudante de carro de bois. Aos nove anos, era
Comunicação
Nota de Apoio ao Professor Edson Passetti
O GTNM-RJ vem a público solidarizar-se com o professor-pesquisador Dr Edson Passetti que vem sofrendo processo intimidatorio por parte da Reitoria da PUC/SP. Repudiamos e nos impactamos com a abertura de um processo administrativo que implicaria em demissão por justa causa, a partir da delação que uma funcionária fez à
Comunicação
Nota sobre o Fechamento da Subsecretaria de Direitos Humanos no Rio de Janeiro
FECHAMENTO DA SUBSECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS  O Grupo Tortura Nunca Mais do Rio de Janeiro vem a público expressar sua indignação e repúdio pela absoluta falta de compromisso do Governo do Estado do Rio de Janeiro com a promoção e a defesa de valores e de práticas que garantam a
Comunicação
José Ruivo Presente Hoje e Sempre
O Grupo Tortura Nunca Mais/RJ comunica que partiu mais um companheiro cruelmente dilacerado pela ditadura civil-militar. José Ruivo, estudante de Direito foi membro da Diretoria do DCE da UFRJ de 1968-1969. Foi militante da Di-GB (dissidência do PCB na Guanabara) e do MR-8 (Movimento Revolucionário 8 de Outubro). Foi preso
Comunicação
A Luta Contra a Tortura
A tortura é uma das formas mais cruéis e perversas de desrespeito ao ser humano. Esta pratica passou a ser instrumento oficial do Estado brasileiro, no período ditatorial (1964/1985), e continua a ser utilizada nos dias de hoje, em diversas instituições, especialmente naquelas destinadas a pessoas privadas de liberdade e
Acesse também:

Mala Direta
Cadastre-se e receba informação sobre as atividades do GTNM e o movimento de luta pelos direitos humanos.

Redes Sociais
siga o GTNM